SEGUNDA-FEIRA, 18 DE DEZEMBRO DE 2017 
Home
MENU
 Período de Liberação
  PAGINA >> EXAMES NECESSÁRIOS PARA O DIAGNÓSTICOS DE BAIXA ESTATURA

Nem todas as crianças precisam dos exames abaixo.
 
Só pedimos a Teste da Clonidina para crianças com altura muito fora das Curvas de Crescimento. Outros só são pedidos quando a Puberdade já está se manifestando.
 
Outros exames sofisticados, como Ressonância Magnética Cerebral e Avaliação Genética, só em casos especiais (geralmente muito raro)
 
Também damos pouco valor a Idade Óssea pelas mãos, visto elas serem as primeiras a se calcificar. Após a puberdade damos prioridade para o R-X dos joelhos, pois 60% do crescimento se devem aos membros inferiores (Quadro 11)
 
 
 
 
 
As crianças baixas tem esta diferença por causa exclusivamente da altura das pernas. Pessoas altas têm pernas longas, pessoas baixas têm pernas curtas. A natureza não permite diminuir o crâneo nem a coluna pois isso afetaria o sistema nervoso gerando paralisias.
 
 
 
Quadro 11: Vemos a Epífise Óssea dos Joelhos bem abertas e apresentado uma pequena fratura na base da mesma explicando as famosas Dores do Crescimento, termo este incorreto, pois mesmos os pacientes que não crescem tem os sintomas. (O nome científico é Síndrome de Osgood- Chlatter).
 
 
 
 

 

 

 Clínica de Crescimento Infantil - Dr. César de Souza Lima Colaneri - CRMSP 20675
 Rua Bento de Andrade, 252 / Jd. Paulista / Cep: 04503-000
 Fone/Fax: 55 11 3884.8070 | 3887.4778 | 99393.5136 - baixaestatura@baixaestatura.com.br